Category Archives: articulices caquéticas

golpe: antologia-manifesto

tristeza e honra de participar desse GOLPE: Antologia-Manifesto. espero que surta algum efeito. espero estar redondamente enganado. parabéns aos organizadores Ana Rüsche, Carla Kinzo, Lilian Aquino e Stefanni Marion pela iniciativa, e a todos que contribuíram com esse AP-1. DOWNLOAD GRATUITO … Continue reading

Posted in all real, articulices caquéticas, blissett, coletâneas & agremiações, dois conto, inéditos, participações | Comments Off on golpe: antologia-manifesto

#leiaobrasil

ustra entre os mais vendidos? nostalgia? ignorância? burrice? difícil se manter calado numa época em que todos têm opiniões muito bem formadas desde o pós-berço, eu sei. mas pluralidade de opiniões, sempre bom lembrar, não deve ser confundida com desrespeito … Continue reading

Posted in all real, articulices caquéticas, blissett, participações | Comments Off on #leiaobrasil

fail again

pra quem gosta de print, recebi esse email faz sete anos. disse a três amigos cineastas na época: “vem aí nova onda reaça, bora fazer um documentário enquanto é tempo” – nunca saiu do papel (mal entrou). todavia: eu, cowboy … Continue reading

Posted in all real, articulices caquéticas, blissett, cowboy | Comments Off on fail again

o captain, my captain

“criam-se narrativas e não análises”, assim falou nosso nu-putschist cristovam buarque, parente do chico. vou d’Otoni: “estar certo não vale a asa de um bicho”. ou deMenezes: “você quer transformar seu ódio em política pública e eu quero que o … Continue reading

Posted in all real, articulices caquéticas, blissett | Comments Off on o captain, my captain

somos mais limpos pela manhã

Bom dia. Clichê já batido, eu sei, só não resisto à analogia entre literatura e boxe após ler “Somos mais limpos pela manhã”, ao que desde já peço perdão. Fato: um bom boxeador não sai desferindo socos ao vento. Sabe … Continue reading

Posted in articulices caquéticas, participações | Comments Off on somos mais limpos pela manhã

cowboy no suplemento pernambuco

Nunca li David Foster Wallace. Lembro de quando Hermano apareceu com Infinite Jest debaixo do braço, aquela capa horrorosa à guisa de souvenir, outro, duas malas, mais um réveillon em Nova York com os pais. Avancei em On the road … Continue reading

Posted in articulices caquéticas, clipping, cowboy | Comments Off on cowboy no suplemento pernambuco

são paulo 462

Minha janela dá pra Igreja da Consolação e os sinais de fumaça dos skatistas e parlapatões disputando a TAZ rooseveltiana com os canas e beiçolas. Dá pros helicópteros sobrevoando a Praça da República onde estudantes e black blocs são pisoteados … Continue reading

Posted in articulices caquéticas, papo-furado, participações | Comments Off on são paulo 462

eu, tu… eles não

Como falam corretamente os paraenses, não? Última província brasileira a aderir à Independência (mais por conta da estreita relação da aristocracia local com a coroa portuguesa do que real expressão da vontade popular), alguns “costumes” provincianos de fato teimam em … Continue reading

Posted in articulices caquéticas | Comments Off on eu, tu… eles não

a minoria de menor

dia das crianças chegando, todas infantilizam no avatar, e eu cá pensando que, passada a ressaca eleitoral, amanhã teremos outra votação, a votação de um projeto que pode causar um impacto tremendo nas vidas de um em cada três menores … Continue reading

Posted in articulices caquéticas | Comments Off on a minoria de menor

Save Kaaddish

Ponto final. Começar histórias pelo fim, tipo de coisa que sempre me agradou. Não confundir com recomeço, não. Recomeços pressupõem ciclos fechados, tramas bem amarradas, nenhuma ponta solta, lençóis amarrotados em cestos de lixo hospitalar. Filmes sem continuação. Sequências me … Continue reading

Posted in articulices caquéticas, Uncategorized | Comments Off on Save Kaaddish