Author Archives: caco ishak

About caco ishak

deu pau no servidor da verbeat

sem redes

informo que perdi acesso à minha conta no instagram. logo: me encontro sem redes sociais no momento. desconfie de mim.

Posted in Uncategorized | Comments Off on sem redes

habemus orelhaça keith richards de fernanda d’umbra

“Eu posso mentir, se vocês preferirem.” Eu adoraria que ele tivesse feito isso, mas o que temos aqui é ficção – a mais pura verdade. Os nove contos estão aqui mesmo. Essa gente cruel e louca está aqui mesmo. Eu … Continue reading

Posted in clipping, culpa | Comments Off on habemus orelhaça keith richards de fernanda d’umbra

culpa no le monde e no ibraspal

ou melhor dizendo: o conto coabitáveis, sobre os crimes de guerra praticados por israel contra o povo palestino, presente em culpa. agradeço demais o espaço. Ninguém no quarto. A energia oscila, a TV liga sozinha. Palestino é morto com um … Continue reading

Posted in clipping, culpa, dois conto, inéditos | Comments Off on culpa no le monde e no ibraspal

culpa na revista mirada

a mirada é uma publicação pernambucana das mais necessárias no quesito diversidade, editada pela taciana oliveira. feliz em ver a análise da bibiana leme sobre meu culpa lá. agradeço o espaço.

Posted in clipping, culpa | Comments Off on culpa na revista mirada

culpa n’o liberal

matéria de bruna lima pro caderno de cultura do jornal o liberal (que, em verdade, nasceu getulista). agradeço de público o espaço. em tempo: orelhaço de fernanda d’umbra, não mera sinopse. e aproveito pra comunicar que: restam só 200 exemplares. … Continue reading

Posted in clipping, culpa | Comments Off on culpa n’o liberal

culpa no diário do pará

matéria de wal sarges no caderno de cultura do diário do pará. agradeço demais o espaço. e segue a pré-venda: culpa.cc / amazon.

Posted in clipping, culpa | Comments Off on culpa no diário do pará

CULPA

PREFÁCIO Bibiana Leme Este livro é um expurgo. Sintoma de doença malcurada, herdada, cujo remédio nunca acertamos. Caco Israque (se lê assim) faz aqui um mea machina culpa. Vivemos, afinal, no tempo dos robôs e dos sistemas. Clicamos em “aceitar” … Continue reading

Posted in culpa, dois conto, inéditos | Comments Off on CULPA

debutante

quinze anos do má reputação. sempre mui bem acompanhado. lançamento no lendário café imaginário, em belém.

Posted in má reputação | Comments Off on debutante

revista acrobata

pontas soltas, apagadas emaranhando-se em cemitérios à espera de quem lhes reacenda memórias .:. esse e mais quatro poemas do meu próximo livro (até agora batizado de elle) foram publicados na revista acrobata, do mestre Demetrios Galvão. agradeço demais o … Continue reading

Posted in inéditos, participações, versos fandangos | Comments Off on revista acrobata

de modo geral

tive o prazer de participar falando da situação no pará, em especial: belém e salinas. marajó merecia destaque, falha minha. agradeço a paulo scott, andrea del fuego, jp cuenca, mauro dahmer e aos demais convidados. youtube e spotify.

Posted in articulices caquéticas, papo-furado, participações | Comments Off on de modo geral