Monthly Archives: May 2014

cumplicidade em versos soltos

prometi não escrever uma linha palavra que fosse sobre a gente que este seja apenas o primeiro posto que passa o que não acaba então, que dure até um novo poema embrulhado se acabou numa traição (autotraição, autoboicote) recomeça-se tudo … Continue reading

Posted in inéditos, versos fandangos