pra ninguém

não espera de mim bom dia
quando a cama nem amarrotou

(qualquer slogan genial
de margarina cabe aqui)

já falei tanto em versos que
não sei mais conversar como
uma pessoa normal enquanto
trituro os dentes e roo a língua

e engulo tudo a seco no café da manhã
relendo os anúncios no jornal da véspera

Advertisements

About caco ishak

deu pau no servidor da verbeat
This entry was posted in inéditos, versos fandangos. Bookmark the permalink.