by kael kasabian

cacoishak-kael

era pro kael ter ilustrado cada poema do não precisa dizer eu também. o projeto teria ficado bem massa, mas, por conta de percalços tão próprios da vida, não passamos do quinto ou sexto dibujo. uma pena. aí, cinco anos depois, o sacana me sai com essa. mossionei, malandro. que não tardem novos projetinhos. a bem da verdade: preciso.

Advertisements

About caco ishak

deu pau no servidor da verbeat
This entry was posted in caldinho de sururu. Bookmark the permalink.