#leiaobrasil

13415421_1184202685002072_4909405076915849097_oustra entre os mais vendidos? nostalgia? ignorância? burrice?

difícil se manter calado numa época em que todos têm opiniões muito bem formadas desde o pós-berço, eu sei. mas pluralidade de opiniões, sempre bom lembrar, não deve ser confundida com desrespeito aos direitos humanos. e essa biografia por si só se traduz na mais perfeita encarnação do próprio desrespeito.

pra quem gosta de nostalgia, portanto: brasil nunca mais. tudo quanto foi modalidade de tortura narrada pelos próprios torturados, de idosos a grávidas e crianças. um agravante: foi organizado por dom evaristo arns, então tem deus pra tudo quanto é lado. um tapão bem sonoro na cara de todos os papa-hóstias e cu-quentes que se sentem no espírito de vestir a carapuça de torturador.

pra quem gosta de ignorância: como nascem os monstros. do que adianta falar da tortura na ditadura militar sem falar da tortura diária e dos desmandos de sempre praticados pela polícia militar na periferia? não, não acabou. tem que acabar.

pra quem gosta de burrice: golpe de estado. da feita que nunca de fato acabou o militar, quase um tutorial pra esquerda se tocar do quanto foi burra e cúmplice do golpe arquitetado pela direita em pleno século XXI. lançado em meados de 2015.

parabéns, Suplemento Pernambuco, por não se/nos calar.

participem da campanha ‪#‎leiaobrasil‬ – a democracia, a literatura e os direitos humanos agradecem.

Advertisements

About caco ishak

deu pau no servidor da verbeat
This entry was posted in all real, articulices caquéticas, blissett, participações. Bookmark the permalink.